Se eu ver ou se eu vir

A nossa Língua Portuguesa é repleta de regras e normas. Por conta disso muita gente acaba fazendo confusão com algumas expressões. É o caso de se eu ver ou se eu vir.

Apenas uma delas está correta e deve ser usada no seu dia a dia.

Neste post, além de aprender qual o correto entre se eu ver ou se eu vir, você também verá uma série de dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa.

Afinal de contas qual a forma correta, de eu ver ou se eu vir?

O correto entre se eu ver ou se eu vir é a segunda alternativa. A expressão se eu ver está incorreta e por isso não deve ser utilizada.

A expressão se eu vir é uma forma conjugada do verbo ver. Nesse caso ela está conjugada na 1ª pessoa do singular no futuro do subjuntivo.

O futuro do subjuntivo é um modo que indica um acontecimento que ainda não ocorreu, mas que poderá acontecer.

Já o verbo ver é utilizado como sinônimo de enxergar, presenciar, observar ou notar.

Confira abaixo alguns exemplos de utilização dessa expressão:

  • Se eu vir o seu irmão aviso que você está procurando por ele;
  • Se eu vir aquela mulher na minha frente de novo, não respondo por mim;
  • Se eu vir alguma coisa fora do lugar quando chegar em casa, todos ficarão de castigo.

É preciso ressaltar que essa expressão é usada como conjugação do verbo ver. No caso do verbo vir ela ficaria se eu vier.

Dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa

Agora que você já sabe qual o correto entre se eu ver ou se eu vir, nós vamos dar algumas dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa.

Nossa primeira recomendação é que você baixe um app de vocabulário no seu smartphone. Esse tipo de recurso te ajudará a conhecer novas palavras todos os dias.

Uma boa alternativa é o VOLP, que é o aplicativo oficial da Academia Brasileira de Letras.

Outra dica para você melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa é começar a ler mais conteúdos que usem a Norma Culta. Através deles será mais fácil identificar as regras sendo aplicadas.

Você pode ler revistas, livros e artigos científicos que são excelentes fontes de informação.

Nós também recomendamos que você também comece a escrever com mais frequência. A escrita é um excelente exercício para o nosso cérebro, principalmente para a memorização.

O ideal é que você escreva ao menos uma redação dissertativa-argumentativa por semana.

Por fim não pare no se eu ver ou se eu vir. Continue sempre buscando por mais conhecimentos.

Tem mais alguma dúvida sobre a nossa Língua Portuguesa? Aproveite para deixá-la nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *