Por que, por quê, porque ou porquê

A Língua Portuguesa possui várias peculiaridades que acabam gerando confusão entre os brasileiros. É o caso das expressões por que, por quê, porque ou porquê.

As quatro estão corretas e devem ser utilizadas no seu dia a dia. Mas como aplicar cada uma dessas formas?

Nesse post, além de descobrir como e quando usar por que, por quê, porque ou porquê, você também verá algumas dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa!

Quando usar por que, por quê, porque ou porquê

As quatro formas, por que, por quê, porque ou porquê, estão corretas dentro da Língua Portuguesa. Contudo, cada uma dessas expressões deve ser utilizada em situações distintas.

Por que sem acento circunflexo e separado deve ser utilizado no meio de sentenças. Ela pode assumir dois empregos diferentes, ela pode ser usada como junção com um pronome interrogativo, ou com um pronome relativo.

No primeiro caso, pronome interrogativo, ela assume o sentindo de por qual razão. Já no segundo, pronome relativo, ela significa pelo/por qual. Confira abaixo alguns exemplos de utilização:

  • Gostaria de saber por que fulano foi promovido;
  • Não ser por que meu filho não vai bem na escola.

Já a expressão por quê com acento circunflexo e separada deve ser utilizada apenas no final da sentença. Ela forma a junção de uma preposição com um pronome interrogativo tônico quê.

Ela pode ser utilizada para indicar por qual razão, para quê e de quê. Confira abaixo alguns exemplos:

  • Você não vai mais trabalhar? Por quê;
  • Fulano sempre se atrasa, não sei o por quê.

A expressão porque junta e sem acento deve ser utilizada em respostas. Isso porque ela é uma conjunção subordinada que une duas orações. Ela pode significa pois, uma vez, pelo motivo de, dado entre outras coisas relacionadas a explicação. Confira alguns exemplos abaixo:

  • Não fui a escola porque estava doente;
  • Preciso ir ao banco amanhã porque esqueci de pagar uma conta.

Já o porquê junto e com acento circunflexo sempre deve ser utilizado em conjunto com um artigo definido ou um artigo indefinido, pronome possesivo, numeral ou pronome demonstrativo.

  • Gostaria de saber o porquê mudaram a data da prova;
  • Quero saber o porquê desse comportamento

Dicas de como melhorar os seus conhecimentos sobre Língua Portuguesa

Para melhorar os seus conhecimentos em Língua Portuguesa, é necessário colocar em prática alguns hábitos. Ler materiais que usam a Norma Culta ajuda muito no seu aprendizado.

Além disso, não deixe de escrever diariamente, utilizando as regras da Norma Culta. Isso fará com que o seu cérebro associe as expressões corretas com mais facilidade.

Agora que você já sabe como usar por que, por quê, porque ou porquê, não para por aqui!

Tem mais alguma dúvida? Deixe-a nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *