Objeção ou obgeção

Na nossa Língua Portuguesa existem várias letras que possuem o mesmo som, como o J e o G. Por conta disso, muita gente acaba fazendo confusão na hora de escrever determinadas expressões, como é o caso de objeção ou obgeção.

Apenas uma dessas expressões está correta e deve ser usada no seu dia a dia.

Neste post, além de aprender o correto entre objeção ou obgeção, você também verá uma série de dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa. Por isso não deixe de ler esse post até o final.

Afinal de contas qual o correto entre objeção ou obgeção

O correto entre objeção ou obgeção é a primeira alternativa, com a letra J. A expressão obgesão com a letra G está incorreta e por isso não deve ser utilizada no seu dia a dia.

A palavra objeção é um substantivo feminino que pode ser usado em várias situações. Ele pode ser utilizado para indicar a ação de se opor a algo ou alguém.

Ele também pode ser usado como um obstáculo apresentado em uma preposição, e ainda um argumento para contestar algo.

Confira abaixo alguns exemplos de utilização dessa expressão:

  • Se ninguém tem nenhuma objeção em relação a reforma do condomínio, vamos dar prosseguimento a reunião;
  • Eu tenho uma objeção em relação a essa proposta. Acho que ele não será vantajosa para os lojistas;
  • O funcionário apresentou uma objeção em relação a mudança no contrato;
  • Não tenho nenhuma objeção em relação ao contrato, podemos assinar agora mesmo.

Dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa

Agora que você já sabe o correto entre objeção ou obgeção, vamos dar algumas dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa.

Primeiramente deixe de lado os corretores automáticos, eles só atrapalham o seu aprendizado. Isso porque eles apenas corrigem as expressões mas sem realmente explicar o porquê. Dessa forma você não aprende nada.

Ao invés deles prefira usar apps de vocabulário. Com eles será possível conhecer uma nova gama de palavras todos os dias.

Uma excelente opção é o VOLP, que é o aplicativo oficial da Academia Brasileira de Letras.

Outra recomendação é que você passe a ler com mais frequência, principalmente livros de Português do Ensino médio e conteúdos que usem a norma culta, como jornais, revistas e artigos científicos.

A leitura é um dos melhores exercícios para o cérebro. Ao ler, você conseguirá ver na prática todas as regras e normas do nosso idioma.

Sempre que você tiver dificuldades em memorizar algum ensinamento, escreva ele. Assim será mais fácil assimilar e memorizar a informação.

Por fim, não pare no objeção ou obgeção, continue sempre a buscar por mais conhecimento.

Tem mais alguma dúvida sobre a nossa Língua Portuguesa? Aproveite para deixá-la nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *