Faringe ou farinje

Na nossa Língua Portuguesa é comum que as pessoas troquem as letras G e J na hora de escrever algumas expressões. Isso porque essas letras assumem o mesmo som em várias situações. Entre as palavras que geram confusão estão faringe ou farinje.

Apenas uma dessas expressões está correta e deve ser utilizada no seu dia a dia.

Neste post, além de saber qual o correto entre faringe ou farinje, você também verá uma série de dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa. Por isso não deixe de ler até o final.

Afinal de contas qual a expressão correta entre faringe ou farinje?

A forma correta entre faringe ou farinje é a primeira alternativa com a letra G. A expressão farinje com a letra J está incorreta e por isso não deve ser utilizada.

A expressão faringe é um substantivo feminino. Ela deve ser utilizada para indicar o conduto muscular localizado entre a parte superior do esôfago e a boca e que faz parte tanto do sistema digestivo quanto do respiratório.

Confira abaixo alguns exemplos de utilização dessa expressão:

  • A faringite é uma doença que afeta a faringe e que é caracteriza por dor e irritação na garganta;
  • O tabagismo é um hábito nocivo que pode prejudicar a faringe e outros órgãos do sistema respiratório;
  • Não deixe de se consultar com um médico para ver o seu problema na faringe;
  • Uma alimentação saudável em conjunto com outros hábitos saudáveis pode diminuir em até 60% o risco de desenvolvimento de tumores na faringe, segundo dados do INCA.

Dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa

Agora que você já sabe o correto entre faringe ou farinje, vamos dar algumas dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa. Confira.

A primeira recomendação é que você leia materiais que utilizem a norma culta, como livros, jornais e revistas. Isso te ajudará a ver as normas sendo aplicadas em diferentes situações.

Outra recomendação é evitar utilizar a linguagem web fora do ambiente digital. Isso porque, ela é repleta de expressões, gírias e abreviações que não são aceitas pela Norma Culta.

Logo, se você usá-la em situações como provas, entrevistas de emprego e concursos, terá problemas. O melhor é deixa-la apenas para ambientes digitais informais.

Mais uma recomendação que pode te ajudar é baixar apps de vocabulário no seu smartphone. Com eles, você poderá aprender uma série de novas palavras todos os dias.

Uma excelente alternativa é o VOLP, que é o app oficial da Academia Brasileira de Letras.

Além disso, não deixe de colocar em prática o seu aprendizado, através da escrita. Esse é um excelente exercício para o cérebro.

Por fim, não pare no faringe ou farinje, continue sempre buscando por mais conhecimento.

Tem mais alguma dúvida sobre a nossa Língua Portuguesa? Aproveite para deixa-la nos comentários.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *