Espectador ou expectador

A nossa Língua Portuguesa é repleta de regras e normas. Além disso, ela também possui uma série de expressões que são parecidas, tem sons parecidos, mas significados e aplicações totalmente diferentes. É o caso de espectador ou expectador.

Apesar das duas expressões existirem dentro do nosso idioma, elas devem ser usadas em situações bem específicas.

Neste post, além de aprender como usar espectador ou expectador corretamente, você também verá uma série de dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa.

Afinal de contas como usar espectador ou expectador corretamente?

As expressões espectador ou expectador existem dentro do nosso idioma.

No caso espectador, com a letra S, é um substantivo masculino. Essa palavra é utilizada para indicar quem vê um evento acontecer ou observa uma ocorrência. Ela também é sinônimo das expressões observador, testemunha e ouvinte.

Confira abaixo alguns exemplos de utilização dessa expressão:

  • O nosso espectador mandou imagens da chuva de ontem;
  • Você caro espectador pode ligar agora e fazer o seu pedido;
  • Você é um excelente espectador.

A expressão expectador, por sua vez, é um substantivo masculino e um adjetivo. Ela tem como função indicar alguém que tem muita expectativa.

Confira abaixo alguns exemplos de utilização dessa palavra:

  • Fulano é um expetador nato. Não sai da do hospital esperando o filho nascer;
  • Sou um grande expetador do Natal, é minha data comemorativa favorita;
  • Fulano é um grande expectador de lutas do UFC.

 

As palavras espectador ou expectador são chamadas de homônimos. Isso porque, elas são escritas e faladas de maneira parecida, mas, significam coisas totalmente diferentes.

Dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa

Agora que você já sabe como usar espectador ou expectador corretamente, nós vamos dar algumas dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa.

A primeira dica é você escrever todas as regras que acha difícil. Quando você coloca elas no papel, está estimulando o seu cérebro e facilitando a memorização.

Inclusive, é válido escrever elas pelo menos 10 vezes seguidas em uma folha de caderno para memorizar tudo.

Mais uma recomendação é baixar áudiobooks sobre Português. Essa é uma alternativa muito boa para quem não têm muito tempo para ler.

Para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa você também deve evitar os corretores automáticos. Isso porque eles não agregam nada no seu aprendizado.

Pelo contrário, só atrapalham, pois, corrigem as expressões sem dar qualquer explicação.

Ao invés de usar esse tipo de recurso, o ideal é usar aplicativos de vocabulário. Com eles você poderá aprender uma nova gama de palavras.

Nós recomendamos o VOLP, que é o aplicativo oficial da Academia Brasileira de Letras.

Por fim, não pare no espectador ou expectador. Continue sempre buscando por mais conhecimento.

Tem mais alguma dúvida sobre a nossa Língua Portuguesa? Aproveite para deixá-la nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *