Autoavaliação ou auto-avaliação

O último Acordo Ortográfico, apesar de ter entrado em vigor em 2009, ainda gera muitas dúvidas nos brasileiros. Uma das questões principais é o uso ou não de hífen em algumas palavras, é o caso de autoavaliação ou auto-avaliação.

Provavelmente você já deve ter visto as duas expressões sendo utilizadas, mas apenas uma passou a valer depois do acordo.

Nesse post, além de aprender o correto entre autoavaliação ou auto-avaliação, você também verá algumas dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre Língua Portuguesa.

Autoavaliação ou auto-avaliação: qual o correto?

O correto entre autoavaliação ou auto-avaliação é a primeira alternativa, ou seja, sem o uso do hífen. A palavra auto-avaliação passou a ser incorreta quando o último Acordo Ortográfico entrou em vigor, no ano de 2009.

A expressão autoavaliação é um substantivo feminino. Ela é usada para indicar uma avaliação ou teste que está sendo realizado pelo próprio indivíduo que está sendo avaliado.

Confira abaixo alguns exemplos de utilização dessa palavra:

  • É necessário fazer uma autoavaliação das suas atitudes e ver como melhorar;
  • Precisamos que você entregue a sua autoavaliação ainda hoje;
  • Fiz uma autoavaliação e percebi que estava errado.

Mas afinal, porque essa palavra passou a ser escrita sem hífen?

Bom, basicamente ela começou a ser grafada dessa maneira por ser uma derivação prefixal. Ou seja, um prefixo foi acrescentado a outra palavra.

Nesse caso, o prefixo auto foi unido ao substantivo avaliação criando o termo autoavaliação. Segundo o último Acordo Ortográfico, o hífen deve ser utilizado quando o prefixo termina com a mesma letra que a segunda palavra começa.

Veja abaixo alguns exemplos:

  • Micro-ondas;
  • Anti-inflamatório;
  • Auto-observação

Dicas de como melhorar os seus conhecimentos em Língua Portuguesa

Agora que você já sabe o correto entre autoavaliação ou auto-avaliação, vamos dar algumas dicas para melhorar o seu conhecimento sobre a Norma Culta. Para começar, tome cuidado ao ler conteúdos de antes de 2009. Na verdade, o ideal é dar uma atenção especial aos materiais feitos até 2016.

Isso porque, o último Acordo Ortográfico, apesar de ter entrado em vigor em 2009, só passou a ser obrigatório em 2016.

Outra dica é evitar ao máximo usar corretores ortográficos. Esses recursos não têm nada a acrescentar ao seu aprendizado. Eles só levam em consideração a palavra em si, sem o contexto envolvido. Além disso, eles não demonstram o porquê da palavra ser corrigida.

Mais uma excelente dica para quem deseja aprofundar os conhecimentos sobre a Norma Culta é ler artigos científicos. Esses conteúdos, obrigatoriamente, utilizam essa linguagem. Isso sem contar no vocabulário diferenciado.

Agora que você já sabe o correto entre autoavaliação ou auto-avaliação, não pare por aqui. Continue a explorar o nosso idioma e a aprimorar os seus conhecimentos.

Tem mais alguma dúvida sobre a Língua Portuguesa? Aproveite para deixá-la nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *