Antediluviano ou antidiluviano

Na nossa Língua Portuguesa, é muito comum que as pessoas acabem fazendo confusão com algumas expressões. Isso porque, ao serem faladas elas parecem de uma forma, mas na verdade são de outra. É o caso, por exemplo, de antediluviano ou antidiluviano.

Apenas uma dessas expressões está correta e deve ser utilizada no seu dia a dia.

Neste post, além de aprender o correto entre antediluviano ou antidiluviano, você também verá uma série de dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa por isso não deixe de ler até o final!

Afinal de contas qual o correto entre antediluviano ou antidiluviano?

O correto entre as expressões antediluviano ou antidiluviano é a primeira alternativa, com a letra E na segunda sílaba. A expressão antidiluviano está incorreta e por isso não deve ser utilizada no seu dia a dia.

A expressão antediluviano é um adjetivo. Normalmente, ele é utilizado para indicar um período ou coisas antes do dilúvio. Mas no sentido figurado, também pode indicar algo que é muito antigo e obsoleto.

Confira abaixo alguns exemplos de utilização dessa expressão:

  • Esse veiculo antediluviano está caindo aos pedaços, já está na hora de você comprar um carro novo;
  • No período antediluviano, as pessoas tinham caído no pecado, e por isso Deus ordenou a Noé que construísse a arca para que ele pudesse purificar toda a terra e assim recomeçar o seu plano;
  • Eu não aguento mais essa freezer antediluviano. É mais fácil deixar a cerveja do lado de fora para gelar do que aí dentro.

Dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa

Agora que você já sabe o correto entre antediluviano ou antidiluviano, vamos dar algumas dicas para melhorar os seus conhecimentos sobre a Língua Portuguesa. Confira!

A primeira dica é que você deixe de usar corretores automáticos. Eles acabam apenas prejudicando o seu aprendizado.

Isso porque, eles corrigem as expressões sem dar qualquer tipo de justificativa. Logo, você não aprende realmente.

Ao invés desse tipo de ferramenta, prefira utilizar apps de vocabulário. Com eles, você poderá aprender novas expressões todos os dias. Uma excelente alternativa é o VOLP, que é o aplicativo oficial da Academia Brasileira de Letras.

Outra recomendação é que você passe a escrever utilizando a norma culta. Quando você escreve colocando as regras em prática, fica mais fácil associar todas as informações sobre nosso idioma.

O ideal é que você escreva ao menos uma redação dissertativa-argumentativa por semana. Dessa maneira, além de exercitar os seus conhecimentos sobre a nossa Língua Portuguesa, você também poderá colocar em prática a sua habilidade de argumentação, que é igualmente importante.

Por fim, não pare no antediluviano ou antidiluviano, continue sempre procurando por mais conhecimento.

Tem mais alguma dúvida sobre a nossa Língua Portuguesa? Então aproveite para deixa-la nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *